Pesquisa e edição Luis Fernando Salles

Por solicitação de alguns leitores, voltamos a incluir novos esclarecimentos sobre como proceder para obter os demonstrativos de rendimentos recebidos pelo INSS.

Os aposentados e pensionistas do INSS obrigados a apresentar a declaração do Imposto de Renda à Receita Federal – ano base 2017 devem acessar o demonstrativo de rendimentos no site do INSS, no endereço www.inss.gov.br. ou através do banco pelo qual recebe a aposentadoria.

Cerca de 40 milhões de brasileiros devem declarar o imposto de renda neste ano. O programa para preenchimento da declaração do IR 2018 está disponibilizado pela Receita desde o final de fevereiro e o prazo de entrega deverá ocorre até 30 de abril. Após esta data o contribuinte que deixar de declarar será penalizado com multa.

Para consultar o extrato, o segurado deve acessar o site do INSS e consultar o Extrato de Imposto de Renda (IR) no menu de serviços da Central “Meu INSS”, com login e senha.

Existe outra opção no site do INSS em que também é possível consultar o demonstrativo do Imposto de Renda, inclusive de anos anteriores. Os que não têm acesso ao sistema informatizado poderão procurar a agência do banco pagador e solicitar cópia do extrato. Da mesma forma o extrato poderá ser disponibilizado através das agências do INSS que detém o seu cadastro. Porém, para mais conforto ao cidadão, “o INSS recomenda que a impressão seja feita na internet ou nos terminais de autoatendimento dos bancos”.

Meu INSS – Para fazer o cadastro no Meu INSS, é preciso informar o CPF, nome completo, data e local de nascimento e nome da mãe para gerar um código de acesso provisório. Depois, o segurado deve fazer login, com a senha provisória.

Logo em seguida, aparecerá mensagem para que o cidadão crie sua própria senha, que deve ser: alfanumérica, ter 9 dígitos, conter um caractere especial (#@$%!*-/+.) e ter pelo menos uma letra maiúscula e outra minúscula (Exemplo: Seguranca%). Em caso de dúvidas, o cidadão pode ligar para a Central 135. Brasileiros no exterior também conseguem acessar o Meu INSS.

Fonte: ASCOM. Assessoria de Comunicação do INSS