Pesquisa e edição por Luis Fernando Salles

O Governo Federal prevê que as aposentadorias e pensões pagas pelo INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) terão reajuste de 3,26% no ano que vem. A nova estimativa de inflação foi definida pelo Ministério da Economia e informada ao Congresso para ajuste no Orçamento de 2020. O valor é menor que o previsto em agosto, que era de 4,02%, e em abril, de 4,19%.

Os benefícios da Previdência acima do salário mínimo recebem anualmente a correção da inflação medida pelo INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

O índice que consta no Orçamento do governo é uma previsão pois os dados oficiais da inflação registrada no ano anterior só são divulgados pelo instituto no início de janeiro. Com isso, o índice exato que será aplicado nos benefícios do INSS ainda pode mudar.

Fonte: Imprensa, Internet