Por Fernando Abelha

O Acordo Coletivo do Trabalho, 2020/2021, elaborado pelos 10 Sindicados da Base da Federação Nacional dos Trabalhadores Ferroviários – FNTF, aguarda a reabertura da VALEC, em Brasília, para que seja agendada com a FNTF a data para o início das negociações.

Até o ano passado o encaminhamento se fazia através da área da VALEC no Rio de Janeiro. No entanto, tanto os escritórios da VALEC do RJ e SP, foram extintos, ficando, tão somente, a sede de Brasília, para o processo de negociação.

Agora com a nova diretoria da VALEC espera-se que as tratativas para negociação dos salários dos ferroviários não voltem a ser postergadas em prejuízo da aplicabilidade do índice inflacionário, a partir de 1º de maio próximo, data base da categoria para revisão dos salários.

Nota oficial do Ministério da Inflaestrutura dá conta que “o engenheiro civil André Kuhn é o novo diretor-presidente da Valec Engenharia, Construções e Ferrovias, empresa pública vinculada ao Ministério da Infraestrutura. Empossado na última sexta-feira (17/ 4), André Kuhn tem mestrado em Engenharia Civil, graduação em Engenharia de Fortificação e Construção pelo Instituto Militar de Engenharia (IME), e bacharelado em Ciências Militares pela Academia Militar das Agulhas Negras (Aman). 

Foi tenente-coronel do Quadro de Engenheiros da Diretoria de Obras de Cooperação do Exército Brasileiro (DOC), coordenador-geral de Desenvolvimento e Projetos no DNIT e Secretário de Engenharia e Arquitetura do Ministério Público Federal. 

Antes de assumir o cargo de diretor-presidente da Valec, Kuhn passou o último ano como diretor-Executivo do Departamento Nacional de Transportes (DNIT). Ele assume a presidência no lugar de Rafael Castello Branco. 

Fonte: Assessoria Especial de Comunicação”

Ministério da Infraestrutura