Por Fernando Abelha

Prezados leitores. Este blog foi idealizado com o objetivo de usar o jornalismo que por mais de 50 anos esteve presente em nossa vida profissional, para servir aos companheiros ferroviários que se viam, até então, totalmente, carentes de notícias do seu interesse, além do que acontecia com nossas ferrovias, totalmente renegadas a um segundo plano, abandonadas e saqueadas, enquanto o governo vendia ilusões de novas e planejadas linhas cortando o Brasil do Norte ao Sul. Até agora, após mais de 20 anos da destruição da RFFSA, ainda são promessas.

Hoje com mais de 62 mil visualizações mensais, o blog sempre esteve aberto para que todos fizessem os seus comentários. Os comentários são publicados, desde que não tragam ofensas a qualquer pessoa, leitora ou não do blog, políticos e governantes, pelo fato de que o veículo não detém interesse político. Existe, apenas, para servir aos ferroviários e metroviários, inclusive com continuada rejeição para inserir publicidade.

Infelizmente, vez por outra, à contragosto e muito constrangimento profissional, nos vemos forçados a retirar das páginas comentários desairosos, que não condizem com o objetivo do blog, o de servir à categoria.

Assim, ocorreu recentemente quando referências feitas, em comentários no blog, a Adauto Alves, embora subjetivamente, ensejou muito justamente que o líder ferroviário, presidente da Associação Mútua da Estrada de Ferro Leopoldina; diretor da Federação Nacional dos Trabalhadores Ferroviários – FNTF e com importante liderança no Grupo de Trabalho, do qual também participo com muita honra, grupo esse que luta para que sejam respeitados os direitos da categoria quanto as perdas salariais de 34%, reconhecidas em 2014 pela Comissão Paritária, FNTF – VALEC.

Por ter sido atingido injustamente por um dos nossos leitores, Adauto encaminha texto  que publicamos abaixo, pelo qual está flagrante o seu descontentamento pela inoportunidade do comentário acima referido.

Quanto a minha pessoa, editor e responsável pelo blog, peço desculpas ao amigo Adauto, reconhecido batalhador por nossos direitos.

Segue o texto de Adauto Alves:

Amigos, alguns comentários muitas vezes pela ignorância e desconhecimento das pessoas que os emitem, não merecem respostas. Por que agredir as pessoas que lutam pela causa ferroviária? Me orgulho de participar deste grupo. Estou só informando aos nossos companheiros, nosso trabalho, e prestando contas a eles, que nem tudo está perdido. A comparação não me ofende, porque nunca ouvi falar desta pessoa. Muito menos o Sr. José Zilto Barbosa, que um ferroviário não deve ser. Jamais terá competência ou capacidade de integrar um Grupo de Trabalho como o nosso. Faz parte daquela turma, que vestida de Robe, Chinelo acolchoado, passa o dia inteiro estatelado no seu confortável sofá, assistindo a Rede Globo, para estar tão bem informado de sua programação, O Blog do Abelha, um espaço democrático, não merece postagem medíocres e patéticas como deste senhor. O ferroviário de verdade, talvez não seja este caso, respeita o companheiro e não faz chacota de um trabalho pelo qual amanhã o beneficiará.

 Adauto Alves”