Colaboração de Carolina Linhares

Um decreto publicado pelo presidente Jair Bolsonaro colocou a Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) nos trilhos da privatização. A medida inclui a companhia no Programa Nacional de Desestatização (PND).

A medida atende a recomendações do Conselho do Programa de Parcerias de Investimentos (CPPI). A CBTU está presente nas regiões metropolitanas de João Pessoa (PB), Natal (RN), Maceió (AL), Recife (PE) e Belo Horizonte (MG).

De acordo com relatório administrativo referente a 2018, a Companhia transporta 567,5 mil passageiros por dia útil; em 90 carros; em linhas que somam 220,8 quilômetros; que possuem 104 estações.

De acordo com o mesmo relatório, no final de 2018, a Companhia possuía uma ativo de R$ 4,8 bilhões. Além da CBTU, outro decreto publicado por Jair Bolsonaro também incluiu a Empresa de Trens Urbanos de Porto Alegre (Trensurb) no PND.

Fonte: Site PBAGORA