Por Geraldo de Castro Filho

Sim. Precisamos eleger FERROVIÁRIOS também para os Conselhos da REFER. Afinal a RFFSA é a GERADORA MATRIZ da Fundação REFER. Foi através dela e por causa dela, que os outros modais de transporte sobre trilhos obtiveram oportunidade de criar seus PLANOS de PREVIDÊNCIA PRIVADA para resguardar um futuro melhor pra os seus fiéis empregados.
Mas MÃE É MÃE!

Agora com o recebimento pelo “PLANO RFFSA” da DÍVIDA QUE O GOVERNO PAGOU em LETRAS DO TESOURO RESGATÁVEIS QUINQUENALMENTE, precisamos de GUARDIÕES do PATRIMÔNIO, para impedir indicações políticas desagradáveis.

A META NÚMERO um daqui pra frente é resgatar a DÍVIDA DA CBTU, que impacta diversos PARTICIPANTES DOS PLANOS CBTU, CPTM, METROFOR, CTB, e a própria REFER.

Os Diretores e Conselheiros ATUAIS e ANTERIORES já conseguiram, após longos anos de EMBATES JUDICIAIS, colocar o pagamento desta dívida na BOCA DO COFRE.

Faltam agora ações políticas impactantes com a ajuda de Conselheiros reconhecidamente atuantes, pró ativos, para que estes elevados recursos financeiros componham o estoque garantidor dos Planos citados, proporcionando tranquilidade aos participantes.

Temos muita alegria por termos participado do CONSELHO DELIBERATIVO da REFER em dois mandatos, nos momentos cruciais para o EQUACIONAMENTO e pagamento da DÍVIDA. Naquela ocasião, os Conselheiros e a os Diretores sofreram vários tipos de ataques e acusações do sindicato e CUT, tentando desestabilizar a gestão, objetivando assumir CARGOS na Fundação. Ministros dos governos petistas TENTARAM POR DUAS VEZES, colocar DIRETORES INDICADOS POR ELES. Mas foram impedidos pela ação corajosa dos Conselheiros GUARDIÕES (infelizmente Ivete Buosi e Roberto Souza já falecidos).
FOMOS à BRASÍLIA levando ofícios a vários Ministros e a Casa Civil, protestando contra a tentativa de INTERVENÇÃO.

Obtivemos êxito na CASA CIVIL. Os custos desta viagem foram pessoais, é bom que se diga.

FIQUEM ATENTOS! PROTEJAM NOSSA REFER!!!

VOTE PARA O CONSELHO DELIBERATIVO

32 – Eng. Geraldo Castro Filho

PARA O CONSELHO FISCAL

82 – Eng. PAULO CESAR de OLIVEIRA

Abraços
Eng. GERALDO de Castro Filho

GUARDIÃO