Pesquisa por Luis Fernando Salles

Lembra daquele projeto de “trem a vácuo“, que poderia chegar a uma velocidade de 1,2 mil quilômetros por hora? A fabricante do HyperloopTT, a Hyperloop Transportation Technologies, anunciou que completou a fabricação da sua primeira cápsula, o que poderíamos chamar de vagão.

O equipamento é constituído por um material criado pela própria empresa e que ela chamou de “Vibranium“, que nada mais é que material compósito inteligente de camada dupla, capaz de suportar a vibração dentro dos tubos do trem a vácuo.

O vagão foi fabricado no sul da Espanha, onde a HyperloopTT está desenvolvendo o projeto piloto. Possui 32 metros de comprimento, com 15 metros internos, pesa 5 toneladas e é composto por 82 painéis de fibra de carbono.

“A cápsula será entregue ao centro de pesquisa e desenvolvimento da HyperloopTT em Toulouse, França, para montagem e integração adicionais no sistema, antes de ser usado em uma das primeiras faixas comerciais Hyperloop do mundo”, diz a empresa em um comunicado.

A primeira linha comercial do Hyperloop entrará em operação em Abu Dhabi até 2020, próximo do Aeroporto Internacional Al Maktoum e do local onde será realizada a Expo 2020. O trecho inicial terá dez quilômetros.

Fontes: Via Trolebus, Revista Ferroviária