Pesquisa e edição por Luis Fernando Salles

Na sessão ordinária desta segunda-feira (9) da Assembleia Legislativa, o senador Ricardo Ferraço (PSDB) foi o “convidado de honra” dos parlamentares e usou a Tribuna para se pronunciar sobre o impasse entre os governos do Estado e o federal na polêmica da concessão da Ferrovia Vitória-Minas.

A novela começou na última segunda-feira (2), quando o governo Michel Temer anunciou que os recursos anunciados para o Espírito Santo seriam destinados para o Centro-Oeste. O dinheiro seria da antecipação da renovação de concessão da estrada de ferro.

No coro ao governador Paulo Hartung, o senador fez duras críticas à Vale, alegando que o acordado era que a empresa seria a responsável por construir uma extensão da ferrovia Vitória-Minas, ligando o município até a divisa com o Rio de Janeiro, que teria cerca de 160 km de extensão.

Ferraço destacou que está em diálogo com a União, mas que se o governo federal não declinar dessa decisão, ele deve, juntamente com a bancada capixaba no Congresso Nacional, ingressar com uma ação na Justiça para assegurar o direito do Estado de receber a expansão da ferrovia Vitória-Minas.

“Obviamente, não estamos fazendo esse combate só com o governo federal, estamos falando, claramente, que a Vale está sendo muito covarde com o Espírito Santo. A Vale é uma companhia que está instalada aqui há muitos anos e que gera emprego e desenvolvimento, mas também impactos. E eu sei que esta Casa tem debatido muito a questão dos impactos ambientais do chamado pó preto”, exagerou Ferraço.

Após o pronunciamento do senador, alguns deputados se manifestaram, todos a favor de Ferraço, com muitos elogios, discursos e perguntas. Mas o tom geral e repentino de críticas à Vale, principalmente sobre a poluição, chamou atenção. Tanto a Assembleia como a bancada federal, salvo raras exceções, sempre foram omissas em relação à poluidoras do Estado, além de contarem com a mineradora, por muitas eleições, como uma das principais fontes de doações de campanha.

 Fonte: Internet, Revista Ferroviária, Jornal Século Diário