Por Fernando Abelha

Procedimentos que geram atendimento presencial serão suspensos nas Agências da Previdência Social por 120 dias, de acordo com o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). A medida pretende contribuir para a redução do fluxo de pessoas, devido à emergência do coronavírus. Entre os serviços suspensos estão a prova de vida.

Os bancos também já comunicam que a prova de vida deverá ser efetuada a partir de julho de 2020 e que “o seu benefício não será suspenso”, para que não ocorram o bloqueio de pagamento de benefícios assistenciais e previdenciários por pendências cadastrais, segundo informação do Banco do Brasil.

No INSS serão atendidos, presencialmente, apenas os agendamentos de Perícia Médica e cumprimento de exigência de pedidos de benefícios em aberto. Os demais serviços seguem disponíveis pela Internet (inss.gov.br), através do aplicativo "MeuINSS" ou telefone 135.

Fontes INSS, Banco do Brasil, O Povo Online