Colaboração da engenheira Izabel Cristina, presidente da AENFER

A Associação de Engenheiros Ferroviários – AENFER informa que o fundador  da ONG, Movimento Nacional Amigos do Trem, Paulo Henrique do Nascimento, faleceu nesta quinta-feira ( 22).

Sem nenhum interesse financeiro e às suas próprias custas, Paulo Henrique  viajou por quase todo pais no sentido de resgatar o transporte ferroviário. Conseguiu juntamente com outros abnegados ferroviários aposentados, restaurar duas automotrizes e  três carros poltronas  e um restaurante do saudoso Santa Cruz, apesar da forte oposição da MRS. Depois de muita luta e perda da saúde, conseguiu, finalmente, sensibilizar a Prefeitura de Miguel Pereira com a inauguração do Trem Serra Azul.

Em desembro de 2008 Paulo Henrique participou de um protesto pacífico em frente ao Palácio do Planalto, em Brasília. Ficou acorrentado e fez greve de fome com um grupo de ferroviários  para impedir a assinatura da Medida Provisória  que levava à extinção da RFFSA.

Em 2015 ele recebeu, pela AENFER, a Condecoração  Engenheiro Paulo de Frontin, por sua incansável luta em prol da ferrovia brasileira.

Na época, ele agradeceu por estar recebendo a homenagem  e disse que o prêmio era para todas as pessoas  que lutam pela causa ferroviária. Uma luta difícil, mas acreditava que todos teriam grandes méritos. Ele disse ainda que a homenagem o fortalecia  cada vez mais para poder continuar em frente e vencer os obstáculos.

Paulo estava internado para tratar de um cancer de pulmão. Agora, está na Estação do Céu, percorrendo os trilhos da luz. Que Deus o abençõe!