Por Fernando Abelha

Notícia colhida na tarde de ontem através de fonte fidedigna, dá conta de que a folha de pagamento dos atrasados dos ativos, aposentados e pensionistas já foi elaborada estando previsto, em torno do dia 15 de setembro, o pagamento dos atrasados de maio de 2017, até agosto deste ano, incluindo o 13º salário. O reajuste obtido pela Federação Nacional dos Trabalhadores Ferroviários – FNTF, através de Dissidio Coletivo impetrado no Tribunal Superior do Trabalho-TST, foi de 3,98% que deverá ser aplicado no salário que cada um recebe, pelo número de meses de maio até hoje.

Quanto ao Acordo Coletivo de Trabalho referente a 2018 ao invés de 30 de setembro como publicamos erroneamente, a nova rodada de negociações entre s VALEC – Engenharia e os sindicatos da base da FNTF e de outros sindicatos de ferroviários, ocorrerá no dia 27 deste mês, a partir das 14 horas em Brasília. Este será o terceiro encontro entre as partes para decidir aplicação da inflação anunciada para maio deste ano, que foi de 1,78%. No primeiro encontro a VALEC ofereceu 40% sobre o índice inflacionário; no segundo 50% o que vem sendo recusado pelos representantes da categoria. Além da inflação plena ingociável com qualquer redução, a FNTF incluiu no ACT as perdas salariais dos últimos oito anos que ultrapassam aos 40% de reposição. Enquanto isso, os oito primeiros níveis da tabela de Cargos e Salários dos ferroviários da RFFSA, estão abaixo do salário mínimo o que se agrava quando não são respeitados pela VALEC os índices inflacionários.