Por Adauto Alves

Por iniciativa da Associação Mútua, ocorreu na última quinta-feira, em sua sede, almoço em tributo ao ministro Hélio Regato pela vitória alcançada na aprovação da inflação plena 3.98% nos salários dos ferroviários ativos e por consequência nos aposentados e pensionistas.

Hélio Regato que não pode comparecer teve seu nome elevado por todos os oradores. Adauto Alves, coordenador do encontro, assim se pronunciou:

“Parabéns! De muito bom empenho realizamos esta solidariedade ao Ministro Helio Regato, que com sua grande sabedoria concilia todos os pleitos e benefícios dos ferroviários, sejam eles ativos, inativos, aposentados e pensionistas. ”

Adauto agradeceu a presença das lideranças e formadores de opinião e ressaltou: contamos com a presença do inventariante Manoel Geraldo, seu assessor Lino, o primeiro também representando a Associação de Eng. da Leopoldina, Celso Paulo, representando o presidente da Associação de Eng. Leopoldina Almir Gaspar, Dra. Lídia – vice presidente Associação de Aposentados,  representando seu presidente Nelson Cruz, seu filho Marcos Cruz, Fernando Abelha pela  Refer e pelo blog Ferrovia Vez e Voz, Isabel Cristina – Aenfer, Raimundo, Adauto, Odevar, Geraldo e Anita, diretores da Mútua, advogados da Mútua, Dr. Francisco, Suarez e Augusto, Dep. Jurídico, Hélio Barros e  Lessa, comissão eleitoral, Antonio Peril, o Professor e Historiador, que escreveu a história dos 100 anos da Mútua Farley Anderson, nosso corpo de funcionários que organizaram o almoço, Nadir, José, Zenilda, Andréa, Tainá e Vagner, os quais agradecemos de coração, pelo empenho e dedicação, o tornando um sucesso. Ausências de Clarice, Nelson Cruz, Almir foram justificadas. A proposição deste encontro, foi hipotecar apoio e solidariedade integral, no processo de unidade das Associações a Federação, na pessoa de nosso maior líder ferroviário Ministro Hélio Regato, que tem conduzido com toda sabedoria e competência os nossos pleitos.

O encontro representou mais um paço para formação da nossa unidade na defesa dos nossos direitos. Sem nos distanciarmos das atuais lideranças das Federações, Sindicatos e Associações de Classe, foi entendimento amplo a necessidade de termos um líder coordenador para que nossas ações, sejam elas políticas, administrativas, judiciais e outras, ocorram não mais de forma isolada, mas amparadas em decisões coletivas. Para tanto será importante nova reunião das lideranças, na sede da FNTF, com a presença do ministro Hélio Regato, quando as nossas ideias poderão ser discutidas e desenvolvidas.