Colaboração de Silvio Ferreira

Comentários de Fernando Abela

Edição de Luis Fernando Salles

A MRS Logística através da Ferrovia do Aço e da Linha do Centro transporta, em suas linhas, 80% de minério de ferro. O restante, 20%, é voltado ao transporte de insumos para mineração, produtos acabados de ciderurgia e cimento. A produção agícula e as cargas em geral, anteriomente também transportadas pela extinta RFFSA, migraram para a rodovia, contribuindo, assim, para as sinistras estastísticas de acidentes e mortes. Minas Gerais é responsável por 80% da produção da MRS Logística. A principal carga da concessionária no trecho é minério de ferro, produto escoado para os portos do Rio de Janeiro através da Ferrovia do Aço, que tem 354 quilômetros. A ferrovia atravessa a Serra da Mantiqueira, em um percurso com 81 túneis e 109 viadutos e pontes. A Ferrovia do Aço é a maior obra ferroviária do Brasil. A linha foi concessionada para a MRS em 1996 e é um dos trechos mais importantes da malha ferroviária brasileira.

Fonte: Internet