Por Adauto Alves (Vice-presidente da Associação Mutua Auxiliadores dos Empregados da Estrada de Ferro Leopoldina)
O ano de 2017 que se inicia, nos proporcionará o dia 27 de Julho, data épica e histórica, quando a nossa Associação completará 100 anos de existência, acontecimento inédito e inusitado nas instituições ferroviárias deste país. Esta data jamais poderia passar em branco, com esta Diretoria atual. Há dois anos foi iniciado um trabalho com aval do Presidente e toda diretoria, do nosso Diretor Social Geraldo e do Historiador do evento, Prof. de História e Filosofia FARLEY, que percorreram todas as instâncias do Rio de Janeiro,com o objetivo de angariar doações, para executar reformas e pinturas em nossa sede, bastante deteriorada pelo tempo. Infelizmente, com a crise que aí está, encontramos todas as portas fechadas com relação a auxilios, principalmente governamental. Tivemos que abandonar, não projetos mas idéias. O desejo da Diretoria em comemorar com dignidade este evento foi maior. Novamente com o aval da Diretoria, Conselho Fiscal e Jurídico, participação efetiva do nosso Presidente RAIMUNDO e nosso Diretor Tesoureiro ODEVAR, ficou decidido, que as obras seriam efetuadas com nossos próprio recursos, que graças a DEUS, estão bem adiantadas,até Março, concluídas. O trabalho foi de todos, mas as atitudes e os trabalhos de nosso Diretor Tesoureiro ODEVAR, sempre referendado pelo Presidente RAIMUNDO, foram de fundamental importância para o êxito até agora alcançado. Esperamos realizar não uma comemoração pomposa, mas simples,  dentro dos padrões históricos e da importância que a Mútua foi, é, e será no contexto dos aposentados e pensionistas ferroviários.
Paralelo a estes fatos, não poderíamos deixar  de rememorar, nossa parceria com a Federação Nacional de Trabalhadores Ferroviários- Ministro Hélio Regato, Sindicatos da base,  nosso Prof. Abelha, na grande vitória dos Acordos 2015/2016, pagamentos dos reajustes, atrasados desde 2015 integrais, neste final de ano, enquanto alguns estados falidos MG, RS, RJ, até hoje não pagaram seus funcionários Outubro/Novembro 2016. Milagre? Tivemos a ajuda de DEUS, mas também fruto de um trabalho de nossa Federação e Sindicatos. Estive neste final de ano,em algumas cidades do Norte de Minas, onde temos um grande número de associados, o sorriso estava estampado no rosto de cada um. Um fato curioso, em Janaúba, norte de minas, uma pensionista cliente do Banco do Nordeste, estava se recusando a receber o valor de seu atrasado, alegando que o dinheiro não era dela. Só o fez quando fui ao Banco com ela .Esta parceria repito,tem nos proporcionado muita respeitabilidade perante  a todos.
A unidade da Mútua, em todos os seus segmentos, será fundamental,
para uma festa linda e inesquecível.
Belo Horizonte, 12 de Janeiro 2017-Adauto Alves=Vice Presidente da Mútua e Diretor da Federação Nacional de Trabalhadores Ferroviários.