Título por Fernando Abelha

Texto de Alexandre Said Delvaux

No Brasil inteiro somos milhares de ferroviários, familiares, amigos, pessoas que têm saudades dos trens, representamos 400.000, 600.000, 1.000.000, não dá para precisar exatamente quantas pessoas são direta ou indiretamente interessadas no assunto ferrovia.
Não conseguimos nos unir em torno de objetivo algum. Poderíamos ter representantes no Congresso Nacional, nas Assembleias Legislativas, Câmaras de Vereadores; não temos! Deveríamos contar com o apoio de representantes do Poder Judiciário, afinal de contas é provável que alguns tenham percebido a covardia, a sacanagem, a pilantragem que estão fazendo com as ferrovias e os ferroviários do país, e não é de hoje; não contamos!
A Valec é apenas um dos nossos algozes.
A nossa desunião, a atitude blasé das autoridades e da própria sociedade é o espelho da nossa fragmentação como categoria de trabalhadores massacrados por um país governado por todo tipo de gente, menos por Estadistas.