Comentários de Fernando Abelha

Texto de Adaulto Alves

predio mutua.png

Com recursos próprios a Associação Mútua reformou

sua sede para comemoração do centenário

A Associação Mútua Auxiliadora dos Empregados da Estrada de Ferro Leopoldina comemorará em 27 de julho deste ano, um século da sua fundação. Instituída ainda na administração dos ingleses que operacionalizavam a então The Leopoldina Railway, com sede no Rio de Janeiro, antiga Capital da República, a Associação Mútua foi a precursora da assistência social em nosso País, quando nem se pensava na assistência social oficial.

Os administradores ingleses ofereciam aos empregados da ferrovia, através da Associação Mútua, a assistência médica, aposentadoria e pensão deixada às viúvas e filhos menores dos ferroviários falecidos.

Hoje, a Associação Mútua reúne, ainda, mais de dois mil associados oriundos da Estrada de Ferro Leopoldina que encontram atendimento e orientação nas mais variadas pendências que a vida nos impõe.

Com sede no Bairro Imperial de São Cristóvão, em edifício próprio, a Associação Mútua se adorna para as comemorações do seu centenário.

Sobre esse singular evento assim se expressou Adauto Alves, vice-presidente da Associação Mútua:

 “No Rio de Janeiro, temos a oportunidade de acompanhar os trabalhos de recuperação do prédio da nossa sede, nos  preparativos para a comemoração histórica de seus 100 anos. Nossa Mútua está cada dia mais linda. Localizada em uma das ruas mais importantes do bairro São Cristóvão, à Rua São Cristóvão, 460, um dos locais do bairro de maior movimento comercial. Todos que por ali passam, não deixam de admirar a imponência de nosso prédio, estilo colonial, como muitos outros lá existentes. São Cristóvão foi o local escolhido para residência por D. João VI, quando veio de Portugal.

Todos nós diretoria, jurídico, conselho fiscal, parceiros,  e funcionários, estamos empenhados em proporcionar um grande e histórico evento, dia 27/07/2017, digno das tradições e históricas da ferrovia e da nossa Associação. Destacamos  a dedicação de nosso Presidente Raimundo, nosso diretor tesoureiro Odevar, e demais diretores para o melhor brilhantismo da comemoração, executada com recursos próprios, vindos através de nossos Associados. Até a data.

          Rio de Janeiro, 21 /02/2017- Adauto Alves- Mútua – FNTF”