As autoridades começaram a usar os trens China-Europa para transportar encomendas internacionais entre a Europa e Wuhan, capital da Província de Hubei, centro da China. Um trem de carga que transportava mercadorias como eletrodomésticos, peças de automóveis e ornamentos partiu de Wuhan há 10 dias. O trem estava carregado com 10.710 pacotes pesando 2,75 toneladas.

De acordo com a China Railway Wuhan Group Co., Ltd., o carregamento levará 13 dias para chegar a Malaszewicze, Polônia, antes de ser enviado para a Grã-Bretanha, França e Alemanha. Após o surto de coronavírus, todos os voos internacionais foram suspensos em Hubei, dificultando o transporte de mercadorias internacionais.

Com custos de transporte mais baratos, os trens de carga China-Europa são menos propensos a serem afetados pelas condições climáticas e podem transportar mais variedades de mercadorias, permitindo exportações estáveis de produtos como eletrônicos e cosméticos. As autoridades planejam lançar trens de carga regulares China-Europa para facilitar o comércio eletrônico transfronteiriço em Hubei.

Fonte: Revista Ferroviária

 http://portuguese.xinhuanet.com/2020-06/22/c_139158389.htm