Recebemos de Adauto Aves, presidente da Associação Mútua dos Ferroviários da Estrada de Ferro Leopoldina, a seguinte informação:

“Muito oportuno, pertinente e inteligente o artigo de nosso incansável Mestre Abellha, um batalhador em busca do processo da unidade e solução dos graves problemas nossos. Após as dificuldades do nosso Dissídio junto a VALEC, temos que dar uma resposta a nossa classe ferroviária tão sofrida que cobra com razão das suas lideranças.

Dia 12 de setembro, nossa Associação Mútua, promoverá um encontro em sua Sede que é chamada de Casa do Ferroviário, onde grandes decisões ocorreram, inclusive a autorização para criar a Comissão Paritária, onde esteve presente a Diretoria da Valec. Teremos presentes dia 12 a todas as grandes lideranças ferroviárias não só do Rio mas de outros estados, cito o Presidente da FNTF Ministro Hélio Regato,, Sr. Etevaldo Pereira Presidente da FENAFAP, que participaram diretamente da negociação do desarquivamento do processo, como contamos com o engajamento de todas as demais entidades representativas que se farão presentes.

Com referencia ao processo das perdas salariais – Comissão Paritária – ontem, sexta feira dia 06/09, mantive um contato com a Secretaria Executiva do Ministério de Infra Estrutura, onde fui informado que este se encontrava desde dia 18/06, com o Dr. EULER naquela secretaria. Ele que se encontrava em viagem para o exterior, havia retornado esta semana, havendo a promessa de um retorno ao exame do assunto. Fornecemos, inclusive, o nosso telefone, por solicitação do próprio. Quem sabe na nossa reunião já possamos levar alguma informação. Rogo a Deus, que esta reunião, para nós histórica seja, ceifada de qualquer estrelismo, vaidade, ideologia, ou quaisquer ressentimentos. Será transparente, objetiva com os nossos 60.000 aposentados e pensionistas que clamam tanto e esperam de nós. Vamos partir com tudo, mas organizados e unidos, é o que esperamos. Obrigado. Adauto”.