Por Fernando Abelha

Como acontece todos os anos muitos ferroviários, amigos do ministro Hélio Regato, irão hoje à Federação Nacional dos Trabalhadores Ferroviários-FNTF para abraçá -lo por seu aniversário natalício. Hélio Regato, ainda se encontra em recuperação de cirurgia femural, realizada em meados do ano passado mas, mesmo assim, comparece diariamente a FNTF onde conduz os assuntos do interesse da categoria.

Assim, aos ferroviários e outros leitores que participam deste blog por todo o Pais e até mesmo no exterior, seja qual for a sua crença, pedimos que elevem ao Pai Eterno as suas preces rogando pela saúde dele. A FNTF e seus sindicatos da base são, hoje, a única alternativa para que tenhamos nossos salários atualizados, anualmente, pela correção monetária  reconhecida pelo governo. Assim tem sido a atuação da FNTF sob a liderança de Hélio Regato, desde 2003 quando nossos salários foram congelados por oito anos sem qualquer reajustamento. A FNTF, anualmente, atua na defesa da categoria para que consigamos o reajuste da inflação pelo INPC pleno.

Felizmente, a última informação obtida junto a FNTF dá conta de que, como nos anos anteriores, os sindicatos por todo o Brasil entrarão com dissidio coletivo a fim de obter o reajuste de 1,65% referente a inflação apurada pelo governo em maio de 2018, até hoje não honrado pela VALEC – Engenharia. Mais uma vez teremos que aguardar a decisão do Tribunal Superior do Trabalho. Como sempre, acreditamos no sucesso do nosso justo e constitucional pleito. Assim tem sido.