Com o aval do Tribunal de Contas da União (TCU), que fez correções, o ministro Moreira Franco enviou para publicação, o edital que trata da privatização da Ferrovia Norte-Sul. O documento tem prazo de cem dias, portanto, o leilão mesmo será no próximo governo. O trecho a ser licitado tem 1.537 quilômetros de extensão.

Fonte: O Globo