Recebemos do engenheiro Geraldo de Castro Filho, líder ferroviário em Minas Gerais, cópia da mensagem enviada ao presidente Bolsonaro em face da postergação pela VALEC para reconhecer os direitos da categoria:

“weeter reenviado hj,

⁦@jairbolsonaro⁩ ⁦@BolsonaroSP⁩ ⁦@CarlosBolsonaro⁩ ⁦@FlavioBolsonaro⁩

Nós, 60 mil ferroviários da extinta RFFSA e mais familiares, metroviários de Belo Horizonte, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul contribuímos com calorosa e participativa ação por um novo Brasil. Olhem também por nós”.