Por Fernando Abelha

As mensagens abaixo transcritas demostram, plenamente, o quanto é grande a expectativa dos ferroviários para que o governo reconheça os seus direitos. A classe está com seus salários defasados em cerca de 40% ou mais em face de ter sempre a correção abaixo da inflação reconhecida pelo governo. Os últimos governantes após destruírem a RFFSA, exterminaram com o Plano de Saúde dos Ferroviários, de auto-gestão, sem que o governo aportasse qualquer recurso e, agora, vêm a cada ano, reajustando sempre abaixo da inflação. O Ministério do Planejamento usurpa, arbitrariamente,  os direitos dos ferroviários conquistados através de muita luta e amparados por duas leis. Enfim, jogaram a RFFSA no lixo e agora querem jogar os ferroviários na vala comum.

Eis algumas mensagens enviadas ao blog ferroviavezevoz.com que comprovam a ansiedade da classe para ver os seus direitos respeitados:

Celso Paulo 

Voto de confiança na condução do ACT. São nesses momentos de dificuldade que precisamos de um negociador lúcido que entenda do assunto. Créditos para o Ministro Hélio Regato que conduzirá o Acordo de forma competente. Fé e esperança.

Carlos Ferreira

Amigos Ferroviários, tenhamos Fé e que no fim de tudo seremos contemplados.

Jorge Luiz Ribeiro da Costa

– Juiz de Fora – MG

A exemplo da REFER que conseguiu do atual governo o pagamento da dívida de 17 anos do governo federal, os ferroviários aguardam ansiosamente que o Presidente Temer não determine obstáculos à exemplo dos Presidentes da Republica que lhe antecederam e autorize a correção dos salários aprovada pela Comissão Mista VALEC x RFFSA, bem como a correção anual dos salários. Os ferroviários já não estão aguentando mais tantas covardias.

Francisco Mattos

Remetidos os Autos para Secretaria do Tribunal Pleno, do Órgão Especial e da Seção Especializada em Dissídios Coletivos para publicar decisão monocrática

Sonia Caldas Vianna

Rezando por uma decisão favorável por parte do Ministro.

Interessante essa notícia, porque conforme o andamento processual colado abaixo da Pré Mediação solicitada pela FNTF o que tem é um peticionamento eletrônico de um documento que pode ter sido feito pela FNTF ou VALEC e o processo continua “Conclusos para Análise”, ou seja, não parece nenhuma decisão do Ministro Emmanuel.

Não tem marcação de audiência de conciliação proposta pelo TST. E afinal de contas isso também não é um Dissídio Coletivo, já que a Valec não aceitou abertura de Dissídio.

Infelizmente, não temos acesso efetivamente aos documentos do processo, nem a esse último documento peticionado.

Tivemos informação que o TST solicitou informação a SEST e estava aguardando retorno da mesma, que aliás foi por determinação dessa Secretaria do Planejamento que a VALEC ofereceu 0% de reajuste.

Vamos aguardar, espero que seja uma notícia de fato boa e que o Dr. Rogério, assessor do Ministro Emmanuel Pereira, tenha podido analisar com muito critério as informações passadas a ele o quanto realmente o ferroviário pesa para a União.

Um abraço, amigos ferroviários.

Este serviço tem caráter meramente informativo, portanto, sem cunho oficial.

Processo: PMPP – 12601-23.2017.5.00.0000 – Fase Atual: PMPP (Tramitação Eletrônica)

Peticione neste processo:

Peticionamento Eletrônico (e-DOC) V2

Visualize as peças na íntegra:

Visualização de Autos

(Processo Eletrônico)

Partes do processo

Requerente: FEDERAÇÃO NACIONAL DOS TRABALHADORES FERROVIÁRIOS – FNT

Advogada: Dra. Rita de Cássia Sant’Anna Cortez

Requerido(a): VALEC – ENGENHARIA, CONSTRUÇÕES E FERROVIAS S.A.

Histórico do processo

27/07/2017

Conclusos para análise do(a) Ministro(a) Vice-Presidente do TST (Gabinete da Vice-Presidência)

27/07/2017

Autuado

26/07/2017

Remetidos os Autos para Coordenadoria de Classificação, Autuação e Distribuição de Processos para autuar e distribuir

26/07/2017

Remetidos os Autos para Coordenadoria de Processos Eletrônicos para incluir marcadores

26/07/2017

Pré-Autuação

26/07/2017

Recebidos os autos no TST

26/07/2017

Petição: 180197/2017 – Juntada de documentos

26/07/2017

Petição: 180196/2017 – Juntada de documentos

26/07/2017

Petição: 180194/2017 – Pedido de Mediação

André Mattos 

Que ótima notícia promissora! Que bom poder contar com o excelente trabalho tanto deste blog quanto dos que lutam diretamente pela Classe Ferroviária, que infelizmente não passa de um fardo pesado para nosso Governo decadente pela corrupção que é uma verdadeira festa com dinheiro público.

Tomara que se resolva este mês ainda porque meu pai de 81 anos que era foguista da antiga RFFSA quer ir visitar o neto de 8 anos mas não tem condições financeira graças a VALEC! Abrç à todos!

Marilena Bueno Tanger

Obrigada pelas palavras de esperança. São tempos difíceis para a maioria dos brasileiros. Agradeço ao Ministro Hélio Regato e a todos que estão lutando por dias melhores para a classe ferroviária.

Antônio Moraes 

QUE O SENHOR DEUS CONTINUE ABENÇOANDO A TODOS QUE TêM LUTADO BRAVAMENTE POR NÓS FERROVIARIOS APOSENTADOS E DA ATIVA, QUE A SABEDORIA CONQUISTADA NO PASSAR DOS ANOS SEJA APENAS UM INCENTIVO PARA SUAS FUTURAS VITÓRIAS.