A concessionária responsável pelo metrô de Salvador anunciou que pretende entregar a linha 2 até o ano que vem. Com as 2 linhas em pleno funcionamento, o metrô baiano terá 41km, tornando-se a terceira maior rede metroviária do país, atrás de São Paulo e Rio de Janeiro.

Atualmente a linha 2 já está com 40% de obras concluídas, que começa na estação Acesso Norte, da linha 1, e chegará ao Aeroporto, em um total de 20km de extensão. Quando o novo ramal estiver concluído, os sistema deve atender 500.000 passageiros diariamente.

Estão previstos 40 trens para o sistema, sendo 34 fornecidos pela concessionária. A fabricante é a sul-coreana Hyundai Roten, com unidade em Araraquara, interior de São Paulo, onde faz a nacionalização e a montagem dos equipamentos que são fabricadas na Coreia do Sul. Ao ganhar a concessão, a CCR recebeu metade da linha 1 pronta e seis trens de transporte. Com um novo lote que acaba de chegar a Salvador, a empresa adiciona 20 equipamentos à frota anterior.

O primeiro trecho da linha 2 já deve entrar em operação em dezembro com 3 estações: Acesso Norte, Detran e Rodoviária. As outras 9 devem ser entregues durante 2017.

O governo estadual tem plano de expandir, para além da concessão atual, mais duas estações na linha 1 (Brasilgás e Águas Claras/Cajazeiras) e uma na linha 2, a de Lauro de Freitas. As extensões serão também operadas pela CCR Metrô Bahia. Os projetos dependem de o governo fazer licitações para as obras de construção, informa o diretor.

Fonte: Valor Econômico