Em contato mantido às 17 horas de ontem com a Federação Nacional dos Trabalhadores Ferroviários – FNTF, obtivemos a informação de que a VALEC – Engenharia ainda silenciava quanto a data e hora para assinatura dos Acordos Coletivos referentes a 2015 e 2016, embora tenham sido constantes os contatos mantidos pela FNTF com a empresa. Por sua vez, a FNTF cumpriu a sua parte ao encaminhar, de imediato, no último dia 21, a VALEC e ao TST a sua concordância pelos termos da mediação arbitrada por aquela egrégia Corte de Justiça Trabalhista.

Pelo prazo de cinco dias indicados pelo ministro Emmanoel Pereira, Vice-Presidente do Tribunal Superior do Trabalho, para manifestação das partes, a começar pela suscitante, a data limite será na próxima  segunda-feira, dia 27 de junho. A decisão da assinatura dos Acordos Coletivos dos dois últimos anos, mesmo com índices abaixo da inflação, está sendo aguardada com ansiedade pela classe ferroviária, pelo fato de se encontrar sem qualquer reajuste em seus proventos há 49 meses.

Mensagens

Eis algumas mensagens recebidas dos ferroviários leitores deste blog:

Jorge Luiz Ribeiro da Costa.

Prezado Fernando Abelha. Saudações. Parabéns pela atualização constante de assuntos de interesse dos ferroviários. Agora, dia 24, sexta-feira, 17:10 horas, e a VALEC se faz de morta, com total desrespeito a uma classe de trabalhadores que muito contribuiu para o desenvolvimento do país. Enquanto isso o Governo Federal ajuda os governadores, cobrindo seus altos rombos financeiros, ao deixarem de cumprir as Normas para o equilíbrio financeiro das contas dos Estados. O que os ferroviários recebem: desprezo total por tornarem exequível a privatização das ferrovias. É lamentável essa atitude da VALEC e dos órgãos federais que a, teoricamente, controlam. Nem respeitam a Justiça, tão vilipendiada há algum tempo por órgãos federais, estaduais e municipais. Abraços. Jorge Luiz Ribeiro da Costa. Juiz de Fora. MG.

Carlos Ferreira

 Prezado Fernando Abelha

Alegra-me muito o pronunciamento do TST, quanto ao acordo do reajuste 2015 e 2016, mas fica a incerteza da VALEC que preocupa a todos os ferroviários no que diz respeito a data de pagamento dos valores reajustados.

Antonio Martins

Nós ficamos felizes de o sr nos proporcionar um meio de saber sobre nossos direito, direito esse único que nós resta de uma longa trajetória de nossa vida dedicada ao país. Obrigado. Antonio Martins-maq aposentado

José Serafim de Lima

 Prezado Jornalista, Fernando Abelha.

Aproveitamos para parabenizar e agradecer ao nobre PROFESSOR, pelo excelente trabalho e p/ velocidade das informações. Deixando a desprezada e esquecida classe ferroviária bem informada. (Esquecida e desprezada pelos governantes deste país). Que o Criador do Universo esteja presente em todos os momentos de sua existência. Receba o nosso fraternal abraço.
José Serafim de Lima – Maceió-AL.

ANTONIO CAMARGO SILVA

Obrigado a F.N.T.F.—TODOS OS SINDICATOS —E ESPECIAL–HÉLIO REGATO E JOÃO ABELHA

Amauri Bassani

A VALEC continua “enrolando” os ferroviários. Agora também “enrolando” um JUIZ do Tribunal Superior do Trabalho. Lamentável a falta de respeito com o Poder Judiciário. Não somos mesmos um país sério.